Exames e Procedimentos

Oferecemos uma variedade de exames e procedimentos.

Postectomia

O que é?

É uma cirurgia realizada para retirar o prepúcio, a pele que recobre a glande do pênis.

Indicações

A presença de fimose (estreitamento do prepúcio com dificuldade de exposição da glande), ou infecções (balanopostites) de repetição são indicações clássicas. Alguns estudos sugerem que a postectomia diminui a transmissão de HPV em casos de lesões múltiplas e recidivantes. Há também indicações relativas, seja por motivos religiosos ou estéticos.

Recuperação

A cirurgia é de caráter ambulatorial e o paciente recebe alta após recuperar-se da anestesia, com orientações do médico assistente. As complicações são raras, mas ocasionalmente podem ocorrer:

Ocasionais

  • Sangramento na sutura, necessitando drenagem ou curativos especiais
  • Infecções requerendo uso de antibióticos.
  • Diminuição da sensibilidade do penis.
  • Persistência das suturas absorvíveis depois de 3-4 semanas necessitando remoção.

Raras

  • Cicatriz dolorosa, raramente permanente.
  • Insatisfação com a aparência do pênis.
  • Formação de abaulamentos cicatriciais (linfedemas) na região da linha de sutura.

Cuidados no pós-operatório

O paciente urina normalmente após o procedimento, e é recomendável manter o curativo até o dia seguinte. Orienta-se retirar as gases e a faixa peniana sob água corrente morna, pois pode haver alguma aderência à sutura. Não há necessidade de utilizar cremes, loções ou recobrir o local após 24hs. É normal que o pênis pareça inchado e avermelhado, além de bem sensível ao toque. Isto diminui gradualmente. Com a queda dos pontos, o aspecto estético melhora muito. Deve-se evitar atividades sexuais ou masturbação por 4 a 6 semanas. As ereções espontâneas costumam ser dolorosas nos primeiros dias e podem ser aliviadas com gelo local. O retorno às atividades habituais ocorre em 2 a 3 dias.