Exames e Procedimentos

Oferecemos uma variedade de exames e procedimentos.

Vasectomia

O que é?

É um procedimento cirúrgico de esterilização masculina, realizada em caráter ambulatorial sob anestesia local ou sedação. Ao seu término, o paciente pode receber alta sem necessidade de internação.

A vasectomia interrompe a passagem dos espermatozoides mas isso pouco afeta o volume ejaculado. A maior parte do sêmen é produzido na próstata e nas vesículas seminais, vindo apenas 5% dos testículos. Trata-se de um procedimento com baixos índices de complicação e que não altera a produção hormonal ou a libido. A literatura médica não registra aumento nos riscos de câncer de próstata e de impotência sexual após esta cirurgia.

No Brasil, a vasectomia é regulamentada pela Lei Federal 9263 de 12 de Janeiro de 1996. Ela define que a cirurgia só poderá ser realizada em homens com capacidade civil plena e maiores de vinte e cinco anos de idade ou, pelo menos, com dois filhos vivos, desde que observado o prazo mínimo de sessenta dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico, período no qual será propiciado à pessoa interessada acesso a serviço de regulação da fecundidade, incluindo aconselhamento por equipe multidisciplinar, visando desencorajar a esterilização precoce.

Preparo

É recomendado que se aparem os pelos da bolsa testicular previamente à cirurgia, para facilitar a sutura local. O médico deve ser avisado previamente se o paciente estiver fazendo uso de medicamentos que interfiram com a coagulação sanguínea como aspirina (AAS), Marcoumar, Marevan, Clopidogrel, dentre outros.

Recuperação

Por ser uma cirurgia ambulatorial, o paciente recebe alta logo após o procedimento e deve suspender as atividades físicas e sexuais por, aproximadamente, 3 dias. O sucesso da vasectomia é confirmado com um espermograma colhido depois de vinte ejaculações. Só com a verificação da ausência de espermatozoides no exame é que os métodos anticoncepcionais podem ser interrompidos.